Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Sweet Nothing

Sweet Nothing

Sab | 14.08.10

Don't stop dreaming - Capítulo #17

Ontem não tive tempo de postar, desculpem --'

Espero que gostem deste capitulo

Beijinhos

 

Capítulo #17

 

Foi uma tarde bem passada, James tinha prometido que me mandava as fotos para o mail. Ao entrar em casa dirigi-me até ao sótão e fui buscar um quadro de cortiça.Tinha intenção de imprimir todas as fotos e coloca-las a vista no meu quarto.

Antes de ir tomar banho recebi uma mensagem de Ed:

 

" Annie, querida desculpa. Os meus pais chegaram hoje de supresa, o James já avisou a Helen, hoje não podemos jantar. Temos de jantar com eles. Amo-te, não fiques chateada."

 

Claro que não fiquei chateada, era normal os pais quererem estar com eles. Mandei a seguinte mensagem a Ed: "Edward Thomas, claro que não fico chateada, é super normal ele quererem estar com vocês. Beijinhos, amo-te"

 

Resolvi ligar o computador, há imenso tempo que não vagueava um bocadinho na net. Quando liguei o chat, a Abbie estava lá. Abbie era uma prima minha que morava em LA. Conversamos durante algum tempo e ela acabou por dizer que Richard e os meus pais tinham estado em casa dela. A partir daquele momento a conversa ficou insuportável, ela falava falava falava, e eu limitava-me  a ler. Despedi-me e desliguei o computador. Como seriam os pais de Ed? Seriam compreensivos? Seriam os melhores pais do mundo?

 

A noite decorreu calma e chata, acabei por tomar apenas um copo de leite, não tinha muita fome. Passei a noite a ver televisão e acordei a meio da noite com uma dor de costas horrível. Fui até ao quarto, vesti o pijama e adormeci. Os meus sonhos foram muito confusos, sonhei que estava no meio do bosque que Ed me tinha mostrado, estava perdida, gritava e ninguém me ouvia.

Eram oito da manhã quando o meu telemóvel começou a tocar, mas quem seria aquela hora da manhã?

 

[Chamada]

Annie [ensonada] : Estou?

Mãe de Anne: Anne, sou eu a mãe. Acordei-te?

Annie:  Já viste que horas são? São oito da manhã, eu estou de férias

Mãe de Anne: Pois ... desculpa não olhei para as horas. É só para te dizer que hoje vão mudar a mobilia do quarto do Richard.

Annie: Porque?

Mãe de Anne: [embaraçada] Não te preocupes com isso...

Annie: Ok, como queiras. A que horas vêm?

Mãe de Anne: Devem chegar aí por volta das dez horas. Não saias de casa até eles se irem embora, é só uma precaução.

Annie: Esta bém, já sabem quando voltam?

Mãe de Anne: Ainda não, o teu pai está a mandar beijinhos.

Annie: Também para ele. Mãe vou ter de desligar , adeus.

 

Não queria alargar mais a conversa, tinha ficado intrigada. Mudar a mobilia do quarto de Richard? Mas porque? Ela não estava assim tão velha, esta aliás em bom estado. Quando era pequena costumava escapar-me para lá e dormir ao lado de Richard. Quando este se foi embora, fazia o mesmo todas as noites mas, não o encontrava. Uma sensação de vazio percorria o meu corpo cada vez que entrava lá, ele não estava onde devia estar, ele não tinha crescido comigo...

10 comentários

Comentar post