Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Sweet Nothing

Sweet Nothing

Ter | 30.04.13

[PREVIEW] - One-Shot - Stay

 

Lembram-se deste post? As one-shots não foram concluídas - e algumas nem começadas - porque, e se bem se lembram - o meu computador teve de ir para arranjar e perdi tudo o que lá tinha guardado. Acontece que hoje tive algum tempo e comecei a escrever uma das que me foram propostas, nomeadamente a Stay.


Sinceramente, acho que perdi o jeito - se alguma vez o tive - para a escrita. Deixo-vos aqui um bocadinho do que escrevi. Peço-vos por tudo que sejam muito sinceros comigo e que comentem, criticando o meu trabalho pois só assim é que posso melhorar e corresponder às vossas espectativas. Obrigada, tenham uma boa noite.

 

 

Seg | 29.04.13

Um motivo de orgulho nacional

Infelizmente, cada vez mais os talentos nacionais têm de ir lá para fora para, e finalmente, lhe ser dado o devido valor.

Só não percebi, porque é que o Will.I.Am e a Jessie J não carregaram.

 

Podem ver a audição completa aqui.
Dom | 28.04.13

Boa sorte

Boa sorte para quem, tal como eu, passou o fim-de-semana agarrado tanto aos dois últimos módulos de  Física e Química de 10º ano, ao livro completo de 11º ano de Física bem como ao dois módulos de Química do mesmo ano.

 

Sab | 27.04.13

Na aventura dos sentidos.

vem que o amor
não é o tempo
nem é o tempo
que o faz
vem que o amor
é o momento
eu que eu me dou
em que te dás
tu que buscas companhia
e eu que busco quem quiser
ser o fim desta energia
ser um corpo de prazer
ser o fim de mais um dia
Ter | 23.04.13

I feel like shit, and all I can do is ... feel it.

Estou cansada. Estou mentalmente cansada das pessoas que me rodeiam. Estou cansada com as pessoas que não conheço. Ver pessoas faz-me sentir cansada. Ver os outros felizes, a divertirem-se, a aproveitarem a juventude faz-me sentir cansada. Mas será que é cansaço?

 

Estou farta. Estou simplesmente farta de não ter motivos para me sentir totalmente feliz. Estou farta de não soltar mais do que cinco sorrisos verdadeiros por dia. Estou farta das gargalhadas forçadas que saiem só para evitar perguntas. Estou farta ... Mas será mesmo este o sentimento que me domina?

 

Estou triste. Triste por não me sentir totalmente à vontade para contar aos que me rodeiam o que sinto - mesmo não sabendo definir. Eu só precisava que as pessoas me dessem razões para confiar nelas, que me provassem que estão lá para mim independentemente do que possa acontecer. Eu só precisava de me sentir segura, e de não ficar a pensar que tudo o que eu digo e faço vai ser comentado quando eu virar costas.

 

Só precisava de ser feliz, só isso.

 

Qua | 17.04.13

Coisas que se aprendem num TI

Como aluna do décimo primeiro ano que sou, hoje tive Teste Intermédio de Filosofia. Querem que fale sobre como correu? É melhor não, não me correu muito bem mas também não posso dizer que tenha sido horrível tendo em conta a "porcaria" (para não dizer outra coisa) de professor que tenho. Acontece que o dito cujo, entra na sala de aula liga o computador e passa a aula no facebook. Quando se lembra, dá uns dez minutos de matéria a correr e nem o livro abre. Não é capaz de levar uma caneta para a sala de aula. 

De segunda-feira para terça, lembrou-se que no dia 17 tínhamos teste intermédio e por isso enviou-nos um documento com cerca de 135 páginas sobre a matéria de 10/11 que constavam na matriz.

 

Acontece que se esqueceu de partes fundamentais da matéria, e os resultados não vão ser bonitos.

 

Tirando isto, o próprio enunciado do teste foi a pior coisa que vi até hoje. Sempre achei que as pessoas que trabalham para o GAVE (Gabinete de Avaliação Educacional) fossem pessoas competentes e que acima de tudo conhecessem a nossa língua, e o assunto que abordam nas provas que realizam. Sempre pensei que fossem pessoas com consciência de que, as provas que eles fazem, são um instrumento de avaliação importante para milhares de alunos por todo o país. Desta vez, os erros ocorreram num teste intermédio mas, e se fosse num exame nacional?


 

Durante o teste intermédio descobri que, das duas uma: Ou o número 4 é bipolar ou tem um irmão gémeo.


Mas, e como se isto não fosse suficiente, descobri todo um novo significado da palavra hipótese - uma situação que não é, mas que se imagina ou se supõe que seja, pra tentar saber como seria, se fosse.

Para mim, quando me apresentam algo hipotético são-me sempre apresentadas DUAS HIPÓTESES. Acontece que, para os senhores do GAVE, quando é apresentado algo hipotético é apresentada apenas UMA HIPÓTESE.
O que se passou foi o seguinte:
Meus caros, na minha opinião - e de todos os professores de Língua Portuguesa e de Filosofia da minha escola - o enunciado encontra-se mal formulado. Porquê? Porque não temos apenas UMA hipótese mas sim, DUAS.
"Ou és cristão." - UMA.
"Ou és ateu." - DUAS.
Em algo hipotético, são-te sempre apresentadas duas hipóteses (" Ou comes, ou bebes". " Ou acertas, ou falhas". " Ou vais pela esquerda, ou vais pela direita". "Ou gostas, ou não gostas"), porém tem apenas uma escolha.
É tudo.


Qua | 10.04.13

Vai tornar-se uma lenda este Homem.

 

"Faz de conta que não te odeiam (...)

Sempre a mesma história séria.

Lenta a vida, a cura passa...

Vou a quem mais me desespera.

Pensei que o Mundo já soubesse.    

Que falei   

Sem medo!"

Seg | 08.04.13

Sobre os gifs

Pelos vistos não é só a minha página inicial do facebook que está invadida pela mais recente virose: os gifs em estados. No vídeo aqui em baixo, podem ver a minha opinião. Subrescrevo e assino por baixo em tudo o que ele disse.

Pág. 1/2