Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Sweet Nothing

Sweet Nothing

Sab | 31.03.12

Hey bf, i hate you

Sabem aquele sentimento de frustração quando todos os vossos amigos se estão a divertir, e vocês estão em casa? Pois, isso está acontecer comigo, aqui e agora: não, não é de todo agradável. Quero agradecer desde já a todas as pessoas que me têm incentivado a continuar com o blog, é muito importante para mim que continuem a fazê-lo, visto ter perdido seis seguidores. Tenho três coisas para vos perguntar:

 

  1. Tenho de ler um livro a português e a apresentá-lo, recomendam algum?
  2. Querem que publique mais um capítulo da mini-história?
  3. Queria comprar uma saia, alguém tem sugestões?
Andei com esta música na cabeça, o dia todo.
Qui | 29.03.12

Urgente.

Sinto falta dos momentos em que vocês comentavam as fans fics e deixavam incentivos. Já não gostam? 

Seg | 26.03.12

anda comigo rasgar o céu

E basta um menino com talento ir aos ídolos cantar uma música bonita para o Facebook ficar atolado de comentários: "ele é lindo " ou "é o melhor" e por aí fora. Se gostei do rapazinho? Claro que gostei, foi um dos melhores da noite, pelo menos foi dos poucos que vi. A música é linda e há muito que consta no meu computador, numa das mais reproduzidas. 

Como têm corrido as vossas férias?

As minhas são férias pelo simples facto de não ter que me levantar às seis e meia da manhã, mas infelizmente já não consigo durmir até tão tarde como antigamente. Tumblr, tv e biologia - não, não é a combinação perfeita mas a biologia tem de estar ali. Porquê?

Porque a minha prof resolveu dar-nos teste logo na segunda aula do terceiro período e temos teste intermédio na segunda semana: a minha vida escolar é um autêntico circo.

 

Agora que estamos de férias vocês podiam aproveitar para ler as fanfics e se possível comentar, estou tentada a acabar com elas.

Preciso de um visual novo para esta coisa.

Sab | 24.03.12

Before you leave me - Capítulo IV

Só para não dizerem que eu não posto e que ando a perder o interesse: aqui está mais um capítulo da mini história. Espero que gostem e não se esqueçam dos comentários, ultimamente parece que a crise também os atingiu.

 

Before you leave me - Capítulo IV

 

Zayn levantou-se, tirou-me a garrafa das mãos e dirigiu-se à cozinha onde a colocou no lixo. Voltou a passar por mim e desejou-me as boas noites. Nessa noite, adormeci a pensar na conversa que se tinha desenrolado tão facilmente entre nós, sem saber, que Zayn tinha ficado intrigado com a minha maneira de ser e que iria cumprir o que fingiu anotar. Na manhã seguinte, acordei e deparei-me com uma manhã bastante solarenga, vesti uma roupa fresca e depois de arrumar o quarto desci para tomar o pequeno-almoço. Encontrei Zayn abraçado a Rosalie e sorri, pelos vistos ele tinha seguido o meu conselho. Saudei-os e depois de beber um iogurte liquido acompanhado com umas bolachas de morango Zayn insistiu para que eu saísse com ele.

                - Vá lá, assim ficas já a conhecer o pessoal que vai andar contigo na escola. Não te custa nada. – Repetiu pela terceira vez Zayn.

                - Colbie, porque é que não vais com o Zayn? Ficavas a conhecer melhor as pessoas e no primeiro dia de aulas já não te custava tanto. – Rosalie estava do lado de Zayn, e as suas vozes ecoavam na minha cabeça.

                - Pronto, eu vou contigo. – Anunciei. – Deixa-me só ir buscar uma carteira com as minhas coisas e desço já. – Corri até ao andar de cima, peguei numa carteira castanha que Mel me tinha oferecido no Natal anterior e coloquei lá o meu telemóvel e a carteira juntamente com os documentos. – Vamos?

                - Sim, até logo mãe. – Despediu-se Zayn depositando um beijo na testa da mãe. – Não sei se vimos almoçar.

                - Adeus Rosalie, - acenei-lhe e sorri-lhe, virando-me depois para Zayn: - então onde vamos almoçar?

                - Por aí, - respondeu-me já fora de casa – não te preocupes. Estás comigo, estás segura.

(…)

                - Olá malta. – Zayn, cumprimentou dois rapazes: um moreno e outro loiro com um aperto de mão todo esquisito, e deu dois beijinhos a uma rapariga de cabelo curto e de cor negra. – Esta é a Colbie.

 Eu e Zayn tínhamos dado uma pequena volta pela cidade e por fim, tínhamos parado num café bastante simpático. Zayn, fez questão de me apresentar logo quando chegamos mas não revelou os motivos pelos quais eu vinha com ele ou estava em sua casa.

                - Olá Colbie, eu sou a Mary - a rapariga dos cabelos negros, com pele bastante morena e uns olhos igualmente escuros saudou-me com um sorriso – bem-vinda à cidade. Estes dois aqui são o Harry – apontou para o rapaz moreno de olhos verdes e com um sorriso traquina no rosto – e o Niall – o rapaz loiro sorriu timidamente.

                - Olá a todos – respondi prontamente e sorri.

A partir daquele momento a conversa fluiu naturalmente. Acabamos por almoçar naquele café, e durante a tarde fomos para casa de Mary onde jogamos basquetebol e divertimo-nos bastante na consola. Mary manteve-se sempre perto de mim e descobrimos bastantes gostos em comum, de certeza que se tornaria uma amiga especial nestes três meses. Harry e Zayn eram insuportavelmente divertidos e Niall, o mais tímido dos três também conseguia ter a sua graça. Depois de um dia bastante animado, eu e Zayn regressamos a casa.

                - Obrigada. – Disse-lhe antes de Zayn colocar a chave na porta.

                - Pelo quê? – Perguntou visivelmente confuso.

                - Por me teres apresentado aos teus amigos, tu não tinhas de o fazer. – Estava-lhe bastante agradecida por tornar a minha adaptação mil vezes mais fácil. – Isso conta muito, para mim.

                (…)

                Já me encontrava pronta para dormir quando Zayn bateu à porta. Desta vez, possuía só as calças de fato treino cinza. 

                - Já ias dormir? – Perguntou-me depois de entrar no quarto.

                - Sim, mas não tenho muito sono. Precisas de alguma coisa? – Perguntei tentando focar o seu rosto e ignorar o facto de Zayn se encontrar sem camisola.

                - Vinha apenas perguntar se te tinhas divertido esta tarde … - comentou.

                - Se me diverti? Claro que sim, como já te disse fiquei muito agradecida pelo que fizestes. Tanto tu, como os teus pais têm tornado a adaptação mais fácil… - fiz sinal para que sentasse num pequeno sofá de canto. – Vocês têm sido incansáveis.

                - Se fosse ao contrário gostava que fizessem o mesmo comigo, e não tens de agradecer. Tal como a minha mãe disse, nestes três meses vamos ter mais um membro na família e temos de te tratar como tal. – Zayn olhava-me com os seus olhos castanhos profundamente, gostava do seu olhar. – E que tal, gostaste do Harry e do Niall?

                - Eles são super divertidos … - a conversa desenrolou-se pela madrugada fora e já era bastante tarde quando Zayn regressou ao seu quarto.

                A cada conversa, a cada palavra trocada começava a gostar e admirar mais Zayn. Era um rapaz bem-educado e um jovem com cabeça, simpático, divertido e parecia ter bom coração. A semana seguinte decorreu da mesma maneira, durante a manhã dormia e ajudava Rose nas tarefas domésticas, à tarde saía com Zayn e com os amigos – tinha-me tornado bastante cúmplice de Mary, Harry e Niall comportavam-se tal como Zayn. Os serões eram ocupados com grandes conversas ou jogos onde, Rose, Charles, Zayn e eu parecíamos mesmo uma familia.

(…)

 - Não gostas minimamente deste, pois não? –Eu e Rose encontrávamo-nos no centro comercial a tentar arranjar algo que Charles gostasse.

  - Rose, eu não conheço muito bem os gostos do Charles … Quer dizer, eu só estou com vocês há duas semanas mas eu acho que esse – apontei para um casaco preto de lã – não combina muito com ele.

Ir às compras com Rose não era o melhor programa para uma tarde de sábado, Zayn bem me tinha avisado. Continuamos à procura, e depois de alguma persistência convenci Rose a comprar uma camisola e um casaco azul, eu e Zayn tínhamos andado de olho nele para o oferecermos a Charles.

“ Acabamos agora mesmo as compras, para a próxima vez trago-te amarrado! “

“Ahaha, eu bem te avisei. Sempre compraram aquilo que tínhamos visto?”

“ Sim … com algum esforço e muita paciência. J

“ Acho muito bem, oh parolinha”

“ Parolo :D”

 - Querida, podes mandar uma mensagem ao Zayn a dizer que já fizemos as compras? – Perguntou-me Rose.

 - Não te preocupes, - descansei-a – já mandei.

- Fico tão feliz por vocês se estarem a entender tão bem …

- Eu também Rose, eu também. – Segui-lhe os movimentos e paramos na loja de doces do centro comercial, Rose era louca por gomas, comprou um saquinho de gomas que dividimos pelas duas. – É impossível expressar o quão grata estou por tudo o que vocês têm feito por mim.

 - Nós também não queremos que nos agradeças, apenas queremos que te sintas bem connosco. Estás feliz, não estás? -Assenti com a cabeça e roubei-lhe a sua goma favorita, um morango polvilhado de açúcar. – Hey, vá não faz mal eu tenho aqui outra.

(…)

- Feliz aniversário, velho. – Zayn deu um abraço forte a Charles e entregou-lhe um embrulho prateado. – É a minha prenda e a da Colbie.

 - Feliz aniversário – saudei-o dando lhe um abraço. – Espero que goste … gostes.

- Assim está melhor, eu sei que faço anos mas ainda não sou velho – Charles deu ênfase à palavra velho o que levou Zayn a rir – para me tratares por você, Colbie.

Charles, parecia uma autêntica criança e com uma ansiedade só vista rasgou o papel de embrulho apressando-se depois, a experimentar o casaco azul: - É lindo, muito obrigada meninos. Gostei muito.

- Foram eles que escolheram, mas parece que acertaram. – Indagou Rose. – Fica-te bem.

-Vês, mãe? Afinal eu e a Colbie temos bom gosto.

- Tu? Nem connosco foste às compras, o mérito é da Colbie, menino Zayn. – Refilou Rose dando um pequeno calduço a Zayn.

- Não é bem assim, Rose. – Saí a favor de Zayn. – Eu e o Zayn, vimos o casaco na ‘net e achamos que o Charles iria gostar. Escolhemos os dois mas, eu é que fui contigo.

 Zayn lançou um olhar engraçado, como quem dizia: “vês” e todos sorrimos.

-Paizão, hoje à noite vai haver uma festa de despedida do Verão na casa da prima da Mary. Podemos ir? – Perguntou Zayn enquanto Charles e Rose assistiam a um programa na televisão.

- Hum … Achas que os deixemos ir? – Dirigiu-se Charles a Rosalie, olhando para mim e em seguida para Zayn.

- Não sei não … - respondeu Rose. – Zayn, não abusem no álcool por favor e não me cheguem tarde.

- Prometido. – Exclamou Zayn e em seguida piscou-me o olho.

- Obrigada, - expressei um sorriso. – Vou tomar banho e desço em seguida para o jantar.

- Eu tomo primeiro. – Manifestou-se Zayn.

- Ai não tomas, não. – Disse já em correria para o andar de cima.

- Cuidado meninos. – Exclamou Charles.

Ter | 20.03.12

...

Ou vocês me começam a mostrar sinais de vida ... ou isto vai por àgua a baixo....

Sab | 17.03.12

Desabafos #4

Sinto que estou prestes ... prestes a embater no fundo e ciente de que não consigo fazer nada para alterar isso. A frustração invade-me e consomo-me a cada dia que passa. Porque? Eu devia estar a atingir todos os objetivos aos quais me compremeti, e em vez disso estou a deixá-los passar entre os meus dedos.

Sex | 09.03.12

Ninguém merece

A sério, a sério que ninguém merece uma semana como esta que termina hoje e que ninguém merece a próxima semana que eu vou ter. Nesta, três testes com direito a dois no mesmo dia. Na próxima: um segunda, outro na quarta e um intermédio na sexta.

Como é que a professora de química quer que nós não deixemos a matéria acumular quando temos mais de cinco trabalhos por fazer e ainda por cima estes testes todos? Ela quer o quê: que eu não durma? Só se for.

Como têm corrido as vossas semanas? 

 

Um pedido de desculpas enormes por não andar a comentar os blogs e as fanfics 

Dom | 04.03.12

Obrigada MTV UK

Obrigada por me dares a con
hecer músicas simplesmente fantásticas, e por me animares. MTV UK, rocks :D