Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Sweet Nothing

Sweet Nothing

Ter | 20.11.12

A teoria do arco-íris.



E depois de ter "chovido a potes", o sol resolveu dar um ar da sua graça e uma das coisas que mais gosto na Natureza resolveu aparecer. Nada mais nada menos, do que um arco-íris, a meu ver, maior do que o normal.



- Ei, olha ali que lindo. - disse-lhe apontado para o fenómeno em questão.

- Gostas de arco-íris? - perguntou-me o rapaz de olhos verdes que me deixa desorientada.

- Estás a brincar?! Amo, mesmo. - respondi-lhe sorrindo.

- Hum ... - e depois disto permanecemos em silêncio que nada teve de constrangedor.

Durante uns dez minutos, ficamos a observar o arco-íris e o que se passava ao nosso redor. Senti um carinhoso encosto de lábios na minha bochecha e depois, bem pertinho do meu ouvido.

Depois, uma das perguntas mais queridas que me fizeram: - Sou o teu arco-íris, ou tenho de ter uma conversinha com aquele lá fora?

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.