Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Sweet Nothing

Sweet Nothing

Sex | 29.07.11

Uma noite ao luar

 Ainda não tínhamos idade suficiente para perceber o que era amor e já apregoavamos aos sete ventos que o sentíamos um pelo outro. Eu por ti. Tu por mim. Era uma coisa nossa, partilhada por ambos. Algo nos impedia? Não, afinal estamos num país onde existe liberdade de expressão e podemos afirmar tudo o que quisermos sem que ninguém nos impeça. Somos livres de dizermos o que pensamos e de certa forma, cometer crimes. Crimes? Como assim? Proferindo aquilo que queremos sem antes reflectirmos. Pergunto-me: haverá crime maior do que esse?

 Sei que sim. Dizer o que queremos sem pensar nas consequências, não se pode comparar a um homicidio, não se pode comparar a um atentado ou a um roubo. Para mim, dizermos qualquer coisa da boca para fora é a maior falta de respeito que conheço. Já pensaste no que podes provocar? Quais os problemas dessa parva atitude?

 Quer queiras, quer não acabas quase sempre - para não dizer, sempre - por magoar alguém. Um amigo, um familiar, um desconhecido, um inimigo ... Um ser humano. Alguém com sentimentos. Alguém que tem a capacidade de sorrir; de fazer rir; de ficar triste; de fazer chorar; de sentir; de fazer nutrir por alguém um sentimento: quer seja ele bom, mau, excelente ou mesmo mediocre.

 Não me arrependo de todos os "amo-te" que te disse, todas aquelas palavras proferidas para te fazer acreditar que sentia verdadeiramente aquele sentimento a que chamam amor. 

 Queres saber o porquê?

 

 Porque todas elas, todas aquelas palavras sem sentido me levaram a que - naquela noite ao luar - me declarasse verdadeiramente. Com um amo-te sentido. 

 


 

As duas razões que me levaram a mostrar-vos este texto são:

  • Ontem, ter tido bastante dificuldade em adormecer e lembrar-me daquele dia de Fevereiro que passsei com ele.
  • Por ter este texto guardado num caderno desde o ano passado. Se concordarem, e se tiverem gostado deste posso tentar mostrar-vos alguns deles regularmente. 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.