Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Sweet Nothing

Sweet Nothing

[PREVIEW] - One-Shot - Stay

 

Lembram-se deste post? As one-shots não foram concluídas - e algumas nem começadas - porque, e se bem se lembram - o meu computador teve de ir para arranjar e perdi tudo o que lá tinha guardado. Acontece que hoje tive algum tempo e comecei a escrever uma das que me foram propostas, nomeadamente a Stay.


Sinceramente, acho que perdi o jeito - se alguma vez o tive - para a escrita. Deixo-vos aqui um bocadinho do que escrevi. Peço-vos por tudo que sejam muito sinceros comigo e que comentem, criticando o meu trabalho pois só assim é que posso melhorar e corresponder às vossas espectativas. Obrigada, tenham uma boa noite.

 

A mão esquerda de Blair percorria a mesa-de-cabeceira em busca do seu telemóvel. Depois de despertar a sua primeira reacção foi procurar aquele aparelho para poder verificar as horas. Assim que o encontrou, ficou surpreendida: três e quarenta e cinco da manhã. Não sabia o que a tinha feito acordar, logo ela que costumava dormir como uma pedra e que naquela noite se sentia extremamente cansada.  A rapariga de cabelos ruivos sentou-se na cama e permaneceu bastante tempo a olhar a sua imagem de fundo. Nela, constava um casal apaixonado. Um casal que tão bem conhecia e do qual tinha saudades. Tinha saudades de os ver juntos, de os sentir. Aquela imagem era uma das muitas de que gostava, porém e talvez por ser a primeira, nutria um carinho especial Blair e ele, aquele que a completava. Tinha sido tirada ali, naquele mesmo espaço, na primeira noite que tinham partilhado e na qual se tinham entregado mutuamente sem quaisquer preconceitos, sem quaisquer amarras, sem quaisquer receios. Amor, puro. 

 

10 comentários

Comentar post