Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Sweet Nothing

Sweet Nothing

Sex | 07.11.14

Nada a acrescentar

Annie
Quando uma música assim nos descreve por completo, e explica tudo o que estamos a passar nada mais há a acrescentar.  "I was thinking of... I feel like I know himAnd I know his heart, and I know whatHe wouldn't do to hurt meBut I didn't realize that feeling so confidentAnd feeling so good about myselfAnd then it be completely shatteredBy one thing. By something so stupidBut then he'd make me feel crazyMake me feel like it's my faultI was in pain" "You got me scattered in piecesShining (...)
Qui | 25.09.14

Sobre a vida universitária

Annie
Se havia pessoa entusiasmada por ingressar na vida universitária, essa pessoa era eu. Se havia pessoa entusiasmada por finalmente poder andar na cidade de Lisboa todos os dias, ver pessoas novas todos os dias, de não voltar a vê-las, de ajudar os turistas ( e vê-los maravilhados com o nosso povo e o nosso país), para desfrutar de tudo e mais alguma coisa ... Essa pessoa era eu. Não, não estou enganada: o tempo em que conjuguei o verbo ser é o correto. Era, já não sou. Admito que (...)
Qua | 06.08.14

Before You Leave Me - Preview - Capítulo XIX

Annie
 "Depois de tomar um rápido duche e vestir uma roupa confortável, de andar em casa, Colbie decidiu ver se Zayn estava no quarto. Dirigiu-se ao espaço que pertencia ao moreno, e não obtendo resposta depois de bater duas vezes, abriu a porta. Nada. A cama estava feita, e não havia sinais que o quarto tivesse sido pernoitado. Se Zayn não aparecesse até às onze e um quarto, Colbie iria à sua procura. " (...)"- Oh, bom dia Colbie. Vens há procura do Harry? – a mãe do Harry (...)
Sab | 19.07.14

Quero escrever

Annie
Lembram-se de quando vocês me pediam one-shots através de uma música? Pois bem, apetece-me voltar a fazer isso. Sinto outra vez vontade de escrever e como vou passar uns dias de férias a Lisboa vou ter tempo para aproveitar na piscina e no tempo de sobra escrever para vocês. Caso queriam que continue a Before You Leave Me deixem um comentário a dizer isso mesmo. Quanto aos pedidos de one-shots, estão abertos por isso aproveitem!
Qua | 09.07.14

Nunca me deixes,de uma maneira ou de outra, nunca me deixes - A História Real da Autora

Annie
Era uma vez, uma rapariga. Uma rapariga como tantas outras. Uma rapariga de cabelo castanho com cachos desorganizados nas pontas, de olhos com a mesma cor do cabelo, magra, muito insegura de si própria. A rapariga de que falo foi crescendo, teve uma infância feliz e tem uma adolescência complicada. Não tem dias felizes, completamente felizes, há muito tempo. A felicidade não é uma rotina na vida dela, mas o que pode ela fazer? Não lhe é permitido, nem a ela nem a ninguém, (...)
Ter | 01.07.14

Quem lembra?

Annie
Quem se lembra deste post?Acontece que nos próximos dias vou atualizar-vos sobre a minha vida amorosa, só porque acho que até dá uma história interessante. Tenho tantas saudades de escrever sobre mim para vocês, de escrever coisas que imagino para vocês.Serei breve, prometo.
Sex | 23.05.14

Os preferidos da noite

Annie
A noite foi de festa, e em alturas de bailes de finalistas, todas as meninas acabam por dar uma espreitadela aos vestidos que passearam pela Gala dos Globos de Ouro deste ano. Ai, o que eu espero um dia andar por aqueles caminhos.Deixo-vos com os meus preferidos. E vocês, concordam com as minhas escolhas? A Diana, a linda Diana mais uma vez a surpreender pela positiva. Vai ser difícil superar o vestido magnífico do ano passado mas este também é igualmente bonito. Parabéns, óptimo gosto.Mi (...)
Sab | 03.05.14

Mais tarde ou mais cedo

Annie
Vou ter de fazer uma one-shot com esta música. A letra, a voz: tudo. Obrigada Ed! Tell me that you turned down the manWho asked for your hand'Cause you're waiting for meAnd I know you're gonna be away a whileBut I've got no plans at all to leaveAnd would you take away my hopes and dreamsAnd just stay with meAll my senses come to lifeWhile I'm stumbling home as drunk as IHave ever been, and I'll never leave again'Cause you are the only oneAnd all my friends have come to findAnother place (...)